RECEBA NOSSO CONTEÚDO DE FORMA GRATUITA DIRETAMENTE NO SEU EMAIL

Grupo Studio Franquias Studio FiscalAnálise de concorrência: como fazer na área da advocacia?

Análise de concorrência: como fazer na área da advocacia?

A análise de concorrência é uma etapa fundamental para qualquer empresa, independentemente do ramo de atuação e na área de advocacia não poderia ser diferente. É por meio dessa análise que você vai saber como sua empresa está diante de seus concorrentes.

Além disso, as informações adquiridas por meio de tal investigação permitem uma tomada de decisão mais precisa e estratégica. Por isso, é necessário fazê-la da maneira correta e bem planejada, a fim de adquirir os melhores resultados e garantir excelência — além, é claro, do diferencial competitivo do negócio.

Pensando nisso, reunimos neste post tudo que você precisa saber sobre a análise de concorrência e como ela deve ser feita na área de advocacia. Confira!

Identificar a concorrência

Embora possa parecer um pouco óbvio, o primeiro passo para o sucesso é identificar quem são seus concorrentes. Muita gente subestima essa etapa, mas ela é de suma importância para conseguir avaliar de fato onde você está em relação à concorrência.

Para isso, faça um levantamento das empresas que prestam os mesmos serviços (ou similares aos seus) e o público atendido por cada uma delas. Dessa forma, será mais fácil apontar quais são seus pontos fortes, que o destacam dos demais e os que precisam de algum tipo de melhoria para você se tornar ainda mais competitivo.

Analisar os pontos fracos e fortes

Tendo esse levantamento dos principais pontos fortes e fracos da sua empresa e de seus concorrentes, é hora de fazer uma análise minuciosa dessas informações. Nesse momento, é essencial um brainstorming para reunir todas as ideias possíveis para, então, selecionar as melhores e que podem de fato serem levadas adiante.

Além disso, é preciso trabalhar com dados reais e manter os pés no chão a fim de encontrar soluções alcançáveis. Não adianta ignorar algumas falhas sendo que, mais para frente, elas podem se tornar um empecilho para seu crescimento profissional.

 

Aumentar a Rentabilidade Do Seu Escritório de Advocacia

 

Conhecer as oportunidades e ameaças

Outro ponto de suma importância é saber identificar as oportunidades e ameaças, pois é por meio dessas informações que você poderá trabalhar o fortalecimento da sua empresa. Mais uma vez, é necessário fazer um levantamento realista para trabalhar de forma mais certeira.

Busque explorar da melhor maneira suas oportunidades, fazendo proveito delas de maneira estratégica e estudando as melhores alternativas para lidar com as ameaças.

Muitas vezes, um cliente pode ter passado por diversos escritórios de advocacia antes de chegar até você. Com o conhecimento disso, você tem em mãos uma ferramenta muito valiosa para entender mais a fundo em que seus concorrentes deixaram a desejar e como pode desenvolver suas habilidades para suprir essa falha no mercado.

Como vimos, subestimar a importância da análise de concorrência pode ser bastante prejudicial para seu negócio, ainda mais considerando a importância e efetividade dessa ferramenta. Por isso, utilize-a da melhor forma possível para se fortalecer ainda mais diante de seus concorrentes.

Agora que você já sabe tudo sobre análise de concorrência, aproveite para conferir também esse post sobre como expandir sua área de atuação na advocacia sem arriscar. Não perca!


Redação Grupo Studio