RECEBA NOSSO CONTEÚDO DE FORMA GRATUITA DIRETAMENTE NO SEU EMAIL

Grupo StudioStudio CorporateComo ajudar a calcular ativo, passivo e patrimônio líquido de seu cliente

Como ajudar a calcular ativo, passivo e patrimônio líquido de seu cliente

A fim de possibilitar a definição do balanceamento dos recursos de uma empresa, a contabilização do que entra e do que sai dos cofres empresariais é essencial para que se alcancem os números precisos de faturamento e de despesas. Entender o que vem a ser o ativo, passivo, e o patrimônio líquido de uma empresa, é fundamental para avaliar a dinâmica financeira do negócio, bem como outros pontos que tenham relevância neste balanço final.

O cálculo das contas contábeis auxiliando no diagnóstico da saúde do negócio

Toda e qualquer movimentação financeira deve ser levantada e registrada devidamente, para que seja possível obter uma visão ampla do gerenciamento de capital, e como os recursos estão sendo empregados, além de analisar se está havendo desequilíbrio nos gastos.

A contabilidade de uma companhia deve estar atenta ao impacto, que cada entrada e saída de capital, exerça na administração do negócio, viabilizando que se construa planos de atuação, que contemplem a totalidade das transações financeiras realizadas, proporcionando, assim, maior crescimento e mais lucros.

Serviços especializados nesta prática mostram-se como um investimento para a empresa, pois preenchem uma lacuna na gestão, com relatórios mais detalhados e precisos, gerando resultados mais expressivos. O maior exemplo desta espécie de terceirização de uma função, que é essencial, é uma franquia, que seja voltada especialmente para atividades contábeis específicas. Fornecer este serviço para empresas que almejam otimizar suas gestões, é um demonstrativo da essencialidade das práticas da contabilidade.

O que é ativo e passivo de uma empresa?

É fundamental que esteja bem estabelecido o conceito do que seja o ativo e o passivo de uma companhia, que se caracteriza como o ponto central dos cálculos a serem feitos. O ativo se define como sendo os créditos a serem resgatados, os lucros, todo o capital que entra na empresa, bem como seu patrimônio.

É no polo ativo que se encontram os bens da companhia, além de todos os seus direitos, ou seja, tudo que resulte em um saldo positivo. Os investimentos feitos, os recursos adquiridos, todos os valores que resultem em números positivos, no balanço de caixa, são os ativos de um negócio.

Por sua vez, os passivos possuem como sua essência a saída, ou seja, são as dívidas, débitos e todos os gastos despendidos na gestão da empresa. O polo passivo compreende todas as obrigações da companhia para com terceiros, sócios, governo, e fornecedores.

Pagamentos, cumprimento de obrigações tributárias, previdenciárias e trabalhistas, como também empréstimos que tenham sido concedidos, são caracterizados como passivos. Qualquer obrigação, débito, ou compromisso firmado, que resulte em um saldo negativo, será um passivo da empresa.

O que se caracteriza como o patrimônio líquido

Sendo ponto crucial nos balanços financeiros e contábeis de um negócio, o patrimônio líquido possui repercussão nas finanças da empresa, e também nos investimentos que forem realizados, potencializando os rendimentos, quando devidamente calculado.

O patrimônio líquido consiste, basicamente, na diferença entre os saldos dos ativos e passivos, resultando no verdadeiro saldo patrimonial de uma empresa, com todas as despesas e gastos já descontados. O cálculo correto do patrimônio líquido é de grande importância, para que seja avaliado o equilíbrio econômico de um negócio, sendo uma oportunidade para reavaliar as finanças, os gastos e os recursos empregados.

Através do cálculo do patrimônio líquido, é que se alcança o valor contábil de uma companhia, ou seja, um valor que compreenda o fluxo de caixa, os faturamentos mensais e anuais, o capital social, os lucros, as reservas de capital, ajustes de avaliação patrimonial, reservas de lucros, entre outros pontos relevantes.

Guia para implementar a área tributária no seu escritório

O patrimônio líquido é um valor que pode ser constantemente modificado, pois, dado o dinamismo das práticas empresariais, sempre está entrando capital nos caixas, como também gastos com novos investimentos, maquinários, e aparatos tecnológicos. Portanto, é preciso que o cálculo seja feito periodicamente, para que possa estar sempre atualizado. Para calcular o patrimônio líquido de um negócio, é necessário subtrair o ativo pelo passivo, para assim alcançar o real valor que uma companhia adquiriu com suas atividades.

A diferenciação entre ativo e passivo e sua repercussão no balanço patrimonial

Para gerir corretamente as finanças da empresa, é necessário compreender a diferença entre ativo e passivo, e o que isso significa no balanço patrimonial de um negócio. O ativo representa todas as entradas nos cofres empresariais, representando um ganho inicial. Exemplos de ativos empresariais são as duplicatas a receber, imóveis de propriedade da empresa, veículos, maquinários, computadores e outros recursos tecnológicos, patentes, entre outros.

Tudo que estiver sob a propriedade da companhia, é um ativo. Já o passivo corresponde às saídas, aos ônus que o negócio adquire, contemplando as obrigações a serem cumpridas pela administração da companhia. Exemplos de passivos são os salários dos trabalhadores da empresa, impostos e obrigações secundárias, dívidas, aluguéis, duplicatas a pagar, e todas as despesas.

O balanço patrimonial, por sua vez, é o relatório contábil onde constam todas as movimentações e transações financeiras realizadas pela gestão da companhia, compreendendo um determinado período de tempo, onde servirão para fins de registro nos livros contábeis da empresa. O cálculo do ativo, do passivo, e do patrimônio líquido, serão alguns dos pontos principais que estarão registrados neste balanço.

Este relatório permite que a administração possua uma visão ampla e objetiva do patrimônio real da empresa, e de como está sendo feita a gestão dos recursos financeiros. Através do balanço patrimonial é que resta demonstrado o que irá compor o ativo, o passivo, e o patrimônio líquido do negócio, permitindo sua definição precisa, diferenciando cada um.

A correspondência de valores entre ativo e passivo

Todo ativo adquirido por uma empresa, ou seja, todo bem ou investimento, corresponde também a um passivo. Significa que, para a aquisição de um componente do ativo, a empresa contraiu uma obrigação, um passivo. Todo ativo possui como origem um passivo, uma obrigação.

Como corresponde aos recursos que a empresa adquire, para a viabilização de suas atividades, para o correto fechamento dos balanços empresariais, é necessário que os valores de ativo e passivo sejam iguais. Se o ativo for maior que o passivo, significa que foram utilizados recursos inexistentes, ou não contabilizados. Já se o passivo for maior que o ativo, será uma evidência de que parte do patrimônio da empresa se perdeu de alguma forma.

Portanto, no momento de fechamento do balanço patrimonial, os valores de aquisições e gastos, ou seja, ativo e passivo, serão equivalentes, pois se referem aos mesmos recursos, sob óticas distintas. Por esta razão, é fundamental que todas as movimentações sejam devidamente registradas, com um controle e fiscalização constantes, evitando, assim, contratempos no momento de averiguar o caixa e os balanços.

Quando o ativo se iguala ao patrimônio líquido

Sendo integrante do polo passivo da empresa, o patrimônio líquido possui uma natureza distinta, sendo parte pertencente aos sócios e titulares do negócio. São obrigações para com os próprios dirigentes e sócios da companhia, não correndo sobre estas juros e multas. Em certas situações, especialmente nas empresas recém formadas, o valor do ativo será igual ao do patrimônio líquido, quando o passivo for nulo. Esta hipótese ocorrerá na inexistência de obrigações com terceiros.

Assista o Webinar: Ferramentas para melhoria de performance financeira

Como calcular o ativo, passivo, e o patrimônio líquido

Através de equações é possível identificar o valor do ativo, passivo, e do patrimônio líquido de um negócio, dada à correspondência entre esses valores. Para o cálculo do ativo, soma-se os valores do passivo e do patrimônio líquido, que correspondem a todas as obrigações contraídas, para a construção do patrimônio e dos bens da companhia.

Quando há essa correspondência, significa que a situação encontra-se favorável e equilibrada. Em condições igualmente favoráveis, o cálculo do passivo será o valor do ativo, subtraído pelo valor do patrimônio líquido, restando, portanto, as obrigações da empresa para com terceiros.

No caso de o valor do passivo corresponder à soma entre ativo e patrimônio líquido, significa uma situação desfavorável, de insolvência, pois, nesta hipótese, o ativo não é suficiente para quitar todas as dívidas da empresa, sendo esta situação chamada de passivo a descoberto, onde a solução é o aumento do patrimônio líquido, com a aplicação de recursos financeiros por parte dos sócios.

A aquisição de franquias especializadas e o auxílio no cálculo

Dada a amplitude da aplicação dos cálculos de ativo, passivo e patrimônio líquido, contemplando todo o patrimônio e todas as movimentações financeiras realizadas pela empresa, oferecer serviços especializados nestes cálculos tem se mostrado como uma opção lucrativa de negócio, além de ser um investimento para os próprios dirigentes da companhia, que garantirão cálculos precisos, otimizando a gestão financeira da empresa.

A Studio Corporate é a melhor franquia de serviços especializados em operação no mercado, oferecendo a maior estrutura em suporte, com soluções corporativas estratégicas, viabilizando o crescimento de um negócio. Através de uma equipe multidisciplinar, os planos de atuação são mais completos, sendo elaborados por especialistas das mais diversas áreas, como a administrativa, jurídica, contábil, e econômica, possuindo a experiência em práticas negociais como sua maior característica.

Deseja otimizar o seu negócio, por meio do cálculo do ativo, passivo, e patrimônio líquido de sua empresa? Entre em contato conosco, e conheça os diferenciais da Grupo Studio.


José Carlos Braga Monteiro

Detentor das empresas Studio Fiscal, Studio Law, Studio Corporate, Studio Brokers,E-Fiscal, E-contábil e Studio Energy o Grupo Studio apresenta serviços corporativos inteligentes com uma expertise de mais de 20 anos. Presente em todo o território nacional através de seus franqueados e aliançados, o Grupo apresenta uma grande sinergia quanto aos seus modelos de negócio.