As previsões quanto ao futuro do direito giram sempre em torno da tecnologia. Isso mesmo. O advogado do futuro se preocupa em automatizar tarefas e ter mais tempo para o que realmente importa, seus clientes.

Sendo assim a Inteligência Artificial, Advocacia 4.0 e Blockchain, são palavras que permeiam o campo jurídico a nossa frente.

Porém, não se engane pensando que máquinas ou robôs farão o trabalho do bom e velho advogado. Muito pelo contrário. Sem medo algum, o “bom e velho” advogado fará com que toda essa tecnologia exerça uma performance a seu favor.

Sendo assim, processos e petições eletrônicas, intimações via WhatsApp e demais softwares e aplicativos são apenas algumas das vertentes do futuro da advocacia. Por isso, veja mais sobre eles, durante este artigo!

Um dia a dia totalmente versátil e cheio de mobilidade

Estar em dois lugares ao mesmo tempo. Sim, é uma realidade atualmente e vai se expandir ainda mais. A tecnologia proporciona isso.

Podemos esperar mais da Lawtech

A Lawtech é o termo que a Sociedade Jurídica usa para descrever tecnologias que visam apoiar, complementar ou substituir métodos tradicionais de prestação de serviços jurídicos ou que melhoram a maneira como o sistema de justiça opera.

Dessa forma, a Lawtech cobre uma ampla gama de ferramentas e processos, como:

  • automação de documentos;
  •  chatbots avançados e ferramentas práticas de gerenciamento;
  • inteligência artificial preditiva;
  • contratos legais inteligentes;
  • sistemas de gestão e pesquisa de conhecimento.

O setor de advocacia consiste em escritórios que prestam serviços jurídicos por meio da tecnologia e nos fornecedores que desenvolvem e fornecem soluções de tecnologia para esses escritórios. Já estão disponíveis sistemas que podem redigir documentos, realizar pesquisas jurídicas, divulgar documentos em litígios, realizar a devida diligência, fornecer orientações legais e resolver disputas on-line.

Benefícios da Lawtech para o futuro da advocacia

Os benefícios do lawtech para antigos e novos advogados são:

  • maior eficiência, produtividade e crescimento;
  • custos reduzidos;
  • melhores resultados para clientes e organizações.

Sendo assim, essa tecnologia nos permitirá:

  • incentivar a inovação tecnológica no setor jurídico;
  • certificar-se de que as questões éticas em torno da advocacia sejam totalmente consideradas;
  •  promover a resolução eletrônica das disputas.

Essa será uma grande plataforma de tecnologia da lei. Esse software está preparado para capacitar as aos advogados, gerar acordos, atestar e a entregar documentos oficiais. Sendo um software de grande número de serviços, há de se fazer muita coisa.

Modernização do setor

Em um passado não muito distante, no âmbito da mídia tradicional, as ferramentas promocionais incluíram outdoors, comerciais de TV e rádio e anúncios impressos. Porém, tais métodos se mostraram difíceis ou até impossíveis para os profissionais de marketing medirem seu impacto e sucesso.

Mas a mídia digital é direcionada, mensurável e interativa. Como a interação do cliente com a mídia digital ocorre inteiramente online ou em um dispositivo móvel, as visualizações e ações do usuário são registradas e acessíveis à empresa.

Isso permite que os profissionais de marketing interpretem o sucesso de seus anúncios e personalizam os novos para obter um melhor desempenho e atingir um público específico. A melhor parte é que não há tempo de espera. Todas as medições são realizadas em tempo real.

Sendo assim, os advogados também entenderam que precisam adentrar na era digital como qualquer outro profissional.

Marketing digital

O marketing digital para o seu escritório de advocacia é poderoso. Por isso, encontrar a combinação certa de estratégias e táticas de marketing tradicionais e digitais posicionará seu escritório de advocacia para alcançar o cliente certo no momento certo.

Somente com marketing digital, seus clientes poderão interagir com sua mídia e tomar medidas imediatas.

O objetivo do marketing digital é interagir com os clientes de maneira que a mídia os atraia para uma experiência com sua marca, por meio de mídia digital e que, por fim, chame o usuário final a agir.

Por exemplo, para receber algo gratuito, os clientes podem ser solicitados a enviar informações que os transformem em um lead valioso e em potencial.

Inteligência artificial será algo comum

Para quem imaginava a IA somente em filmes, mostraremos neste tópico como ela está presente em todo campo jurídico. Assim, perceba que os aplicativos atuais de IA parecem cair em seis categorias principais:

Diligências

Os advogados realizam sua diligência com a ajuda de ferramentas de IA para descobrir informações básicas. Isso inclui a revisão de contratos, pesquisa jurídica e outras descobertas eletrônicas nesta seção.

Tecnologia de previsão

Um software de IA gera resultados que preveem resultados de litígios. Parece distante, não é? Porém, é mais fácil do que se imagina.

Análise jurídica

Os advogados podem usar pontos de dados de jurisprudência passada, porcentagem de ganhos ou perdas e histórico de um juiz para serem usados ​​para formar tendências e padrões.

Automação de documentos

Os escritórios de advocacia usam modelos de software para criar documentos preenchidos com base na entrada de dados.

Propriedade intelectual

As ferramentas de IA orientam os advogados na análise de grandes portfólios de IP e na obtenção de insights de conteúdo.

Faturamento eletrônico

O horário faturável dos advogados é calculado automaticamente.

Note que uma das principais tarefas que os advogados realizam em nome de seus clientes é a confirmação de fatos e números, e avaliar cuidadosamente a situação jurídica. Esse processo de diligência é necessário para aconselhar os clientes de maneira inteligente sobre quais são suas opções e quais ações eles devem tomar.

Os advogados precisam realizar uma investigação abrangente para obter resultados significativos. Como tal, eles também são propensos a erros e imprecisões ao fazer verificações no local.

Por isso, além de contar com toda a tecnologia possível, fazer parcerias de sucesso é uma opção extremamente válida que beneficiará o advogado do futuro. O advogado franqueado tem a força da marca da franquia, a precisão da tecnologia e todo suporte de que ele precisa. Logo, ele estará a frente de seu tempo quando outros ainda estão descobrindo o mundo da advocacia.

 


Leia mais:

Assista também:

 

Artigos relacionados

Você também pode estar interessado

Noticias, artigos e novidades direto no seu email.