Como ter um retorno financeiro com uma franquia tributária

Franquia tributária: um investimento com retorno rápido

Como bem diz a Constituição Federal, o advogado é indispensável à administração da Justiça. O ramo advocatício, ao longo da história, se concretizou como uma atividade inerente à manutenção da sociedade, na busca por seus direitos. Sem o advogado, não há o justo.

É notória a crescente formação de novos profissionais no Brasil, como também a instalação de novos cursos de Direito, tornando-se, então, necessário que o advogado busque novos caminhos e opções para se destacar entre tantos e conquistar clientes fiéis.

A advocacia aliada ao modelo de franquias, fortalecendo o mercado e o acesso à Justiça

A franquia tributária pode ser a resposta tão procurada. A aptidão e capacidade de persuasão, além do dom da argumentação e oratória, podem não ser mais suficientes para definir o espaço de um operador do Direito. Saber empreender, aliando a advocacia aos investimentos, é o que fará maior diferença.

Muitos profissionais, iniciantes ou veteranos, encontram-se sem saber qual rumo tomar, a fim de progredir profissionalmente. Advogados recém-formados, muitas vezes, se questionam sobre qual a melhor escolha: abrir o próprio escritório? Entrar para uma sociedade de advogados? Existe, porém, uma terceira alternativa, que não costuma ser é ponderada.

A franquia tributária se caracteriza como um investimento de breves retornos, preparando o profissional para um mercado competitivo, trazendo vantagens e benefícios bem definidos, sendo ideal tanto para os novos advogados, quanto para os que desejam experimentar outros formatos de negócio.

Os proveitos em aderir à uma franquia tributária

O profissional do Direito que optar por se tornar franqueado se destacará mais rapidamente frente à concorrência. São inúmeras as vantagens em optar por uma franquia tributária, com uma estrutura já sólida:

Vinculação a um grande nome: um dos maiores desafios de advogados em início de carreira é saber como devem agir para criar um nome, ascenderem no mercado conquistando uma clientela fidelizada. A franquia tributária oferece uma marca já consolidada, aumentando as possibilidades de aquisição de clientes de maneira mais fácil, dada sua credibilidade já existente.

Suporte de ação: o profissional receberá todo o treinamento preciso para maior capacitação, como também materiais de marketing, apoio para construção e manutenção do espaço físico, instrumentos de trabalho, auxílio jurídico e financeiro, além de planos de atuação já elaborados, devidamente padronizados.

Crescimento em menor tempo: conjugando esforços e investimentos, tanto por parte da franqueadora, quanto do franqueado, será viável uma expansão mais significativa, com o emprego inteligente de capital. A união de forças empreendedoras reflete no sucesso de um negócio, principalmente de uma franquia tributária.

Experiência positiva do cliente: já possuindo uma forma pré-determinada de agir, com processos já padronizados e conhecidos pela sociedade em geral, o cliente perdurará com sentimentos positivos em relação a uma empresa, independentemente de ter recebido o atendimento em qualquer das franqueadas.

Intercâmbio de informações: sempre há conhecimento a ser compartilhado. A troca de saberes e novas experiências irão gerar ganhos tanto para a empresa, quanto para seus franqueados. A vivência de cada profissional, dado seu campo de atuação e sua atribuição exercida, possibilitará novas percepções e conceitos que serão relevantes para definir as próximas metas.

O baixo risco deste tipo de empreendimento: o franchising é considerado um investimento de probabilidade de falência muito baixa. Este fato proporciona maior segurança e confiança para o advogado franqueado, tornando-se propício para o êxito profissional. A concessão de créditos e empréstimos também serão mais alcançáveis, sendo seu procedimento simples e prático.

Embasamento jurídico: o sistema de franquias possui uma legislação própria, definindo responsabilidades, direitos e deveres. Através do amparo legal, estabelece-se as imposições feitas à cada uma das partes atuantes, esclarecendo pontos, como a inexistência de relação trabalhista, entre outras questões.

Com todas as condições oferecidas, o profissional deverá refletir sobre qual o modelo mais adequado, se suas ambições estão em concordância com as diretrizes da franqueadora, se seu orçamento disponível para investimento inicial é suficiente, além de optar por uma empresa que, de fato, proporcione todos os benefícios listados. O negócio que propicie projeções e estimativas para o futuro, são os que valerão a pena investir.

Por uma advocacia empreendedora

Garantir seu espaço em um mercado cada vez mais saturado é um desafio que nem todos estão preparados para enfrentar. É exigido do advogado muito além de seu notório saber jurídico, mas também seu saber empreender de maneira hábil e inteligente.

O profissional precisa ter bem definidos seus objetivos e metas, o nicho em que pretende atuar, se especializando em determinada área, seja cível, trabalhista, previdenciária ou tributária. O estudo do mercado, a demanda que esteja em constante crescimento, os segmentos em déficit, como outros pontos relevantes, deverão ser considerados, para uma escolha mais favorável à prosperidade e competitividade.

Com todas as pesquisas necessárias feitas, será possível a elaboração de uma gestão de ações, construindo assim estratégias, estruturas inovadoras, oferecendo serviços advocatícios ainda não vistos. O profissional do Direito que possua técnicas empreendedoras saberá gerir um escritório, principalmente uma franquia tributária, empregando os recursos de forma a alavancar os ganhos e adquirir maior prestígio entre os demais.

O uso da tecnologia tem se mostrado um grande aliado dos empreendedores e empresários no geral, sendo uma alternativa atrativa para o ramo jurídico. A presença crescente da inteligência artificial, inclusive na advocacia, é um demonstrativo destas novas mudanças.

As características inerentes a um advogado empreendedor

A busca incessante por conhecimento, aprimoramento e atualização das novas tendências de uma certa área são fundamentais para definir quais profissionais obterão êxito e sucesso em suas carreiras. Manter o arsenal e os instrumentos de trabalho sempre em conformidade com o que há de novo, oferecendo uma advocacia mais atuante, intelectual e avançada, atrairá clientes e novas oportunidades.

É preciso saber o momento certo de delegar certas competências e atribuições mais automáticas e meramente administrativas, deixando a pessoa do advogado livre para exercer a função jurídica com intelectualidade e racionalidade, de maneira efetiva.

A prática jurídica abraça uma dinâmica pluralizada, dada a questão de que não somente o texto legal dita normas sobre o que deve ser observado, mas também os entendimentos doutrinários e jurisprudenciais, corroborados pelas cortes superiores, por meio de suas súmulas.

Advogados experientes são caracterizados pela sabedoria em manter sempre atuais seus entendimentos e argumentações em consonância com os tribunais. Com esta aptidão, juntamente ao espírito empreendedor, o profissional atingirá patamares de excelência, gerando maior lucratividade e realização pessoal.

A Studio Law como opção ideal para advogados investidores

Voltada especialmente para advogados, contadores, empresários e investidores, a franquia da Studio Law se encaixa perfeitamente aos moldes do mercado advocatício brasileiro da atualidade. Com atuação diferenciada e inovadora, já conta com mais de 2.500 franqueados por todo o país, prescindindo da necessidade de gastos em estrutura e espaço físicos, viabilizando altos rendimentos.

Com a simplicidade da manutenção de um negócio, a qualidade do serviço prestado será significativa, o networking do profissional será ampliado, ensejando maior sucesso. A Studio Law fica ainda encarregada de todo o auxílio fiscal e financeiro, colocando em prática um planejamento tributário mais eficiente e otimizado. As ações de marketing e recursos humanos serão também atribuições da franqueadora.

A franquia disponibiliza também a revisão de impostos federais, com a finalidade de resgatar valores pagos indevidamente a título de tributos, de acordo com cada regime fiscal adotado, especialmente para os optantes do Lucro Real, caso em que os faturamentos anuais chegam à uma média de R$ 6 milhões.

Para as empresas ainda em ascensão, que visem aprimorar o emprego dos fundos e investir na saúde do negócio, a Studio Law procederá com o mapa fiscal, enquadrando-a em um sistema tributário mais conciso, permitindo que se economize até 40%, sendo uma modalidade de consultoria voltada para empresas que tenham lucratividade maior que R$ 1,5 milhão ao ano.

A arte de empreender se consolidando como o futuro da advocacia

O franchising revolucionou o mercado de trabalho da atualidade, modificando a visão de crescimento e de como se deve investir, projetando futuros mais próximos, e também os mais distantes. A instabilidade do cenário investidor, o risco natural de um empreendimento, e a ampla concorrência, podem causar certo temor e receio em empresários e demais profissionais. Tornar-se franqueado tem se mostrado não apenas como uma forma mais simples e acessível de se consolidar em determinado ramo, mas também de se obter uma base primária, sobre como gerir um negócio, administrar uma empresa e saber empreender com eficácia.

Novos tempos estão surgindo para todas as profissões, incluindo as atividades judiciárias. Estar atento às novas inclinações e modelos de atuação, adquirindo experiências em novos formatos de empreendimentos, realizarão os anseios de sucesso dos profissionais. É advogado e deseja se atualizar? Entre em contato com um consultor da Studio Law, e torne-se franqueado.

Artigos relacionados

Você também pode estar interessado

Hot daily news right into your inbox.