Como empreender com sucesso na arquitetura

O mercado da arquitetura mudou. O modelo tradicional já não é tão compatível com a atual economia mundial, extremamente competitiva, nem com a cultura de globalização.

Assim, esse mercado e seus profissionais vêm se tornando mais flexíveis e sensíveis a novos estímulos, visando adequar o empreendedorismo na arquitetura aos seus objetivos de forma a alcançar os melhores resultados.

Em uma pesquisa realizada pelo SASP/SEBRAE – SP sobre empreendedorismo na arquitetura e urbanismo, dos 770 entrevistados, 54,6% trabalham como autônomo.

Dos donos de negócios próprios, apenas 16,1% têm funcionários. A maior parte dos empreendimentos estão no mercado há mais de 10 anos e possuem um faturamento bruto anual de até 60 mil.

Sim, empreender não é simples, mas o arquiteto por natureza gosta de inovação. Essa profissão engloba diversas características e disciplinas e faz com que sejam desenvolvidas muitas outras, enriquecendo a formação e as experiências do profissional.

Mude sua mentalidade

Agora você é um empresário e arquiteto. Tenha em mente que empreender não é fácil. É arriscado. Exige dinheiro, muito trabalho, tempo e uma grande capacidade de reinvenção e recuperação em relação ao jogo do mercado.

Porém, o empreendedorismo na arquitetura te oferecerá liberdade, tanto na parte criativa – o que é muito difícil se você não for seu próprio chefe – quanto em como gerenciar seu negócio. É um investimento de corpo e alma.

Tenha uma visão geral de onde você está entrando

O grande desafio do autoemprego é que, no começo, você terá que realizar todas as funções do negócio.

  • Desenvolva um plano de negócios com objetivos a curto, médio e longo prazo;
  • seus pontos fortes e fracos (matriz SWOT);
  • uma boa pesquisa de benchmarking, para saber sobre seus concorrentes e o mercado;
  • uma clara e descomplicada estratégia de trabalho;
  • defina seu orçamento: quanto vai precisar para pagar as contas mensais?

Seja cuidadoso e detalhista

Estamos falando do seu trabalho. Reflita e analise meticulosamente as soluções que você escolherá. Esteja atento para não decidir ou fazer algo que seja irreversível.

Lembre-se: o mercado da arquitetura é pequeno, todos se conhecem e suas decisões serão lembradas, assim como seus méritos.

Quer agregar valor? No empreendedorismo não existem atalhos: faça sempre o melhor e mais adequado para seu cliente, que será um grande divulgador de seu negócio.

Sem medo de se promover

Agora você não é apenas o seu próprio patrão, mas a sua marca, então você precisa trabalhar a promoção.

Felizmente, na internet você encontrará redes sociais e serviços especializados que poderão se converter em aliados para divulgação do seu trabalho, como Pinterest, archilovers, Instagram e Plazatio.

Networking

Empreendedorismo na arquitetura é aumentar e consolidar sua rede de contatos. Vá a workshops, conferências, mantenha contato com amigos de antigos trabalhos, professores da universidade e clientes.

Concursos de arquitetura

Para quem já está ou pretende se aventurar no empreendedorismo na arquitetura, uma das melhores estratégias de branding é participar de concursos para ganhar reconhecimento no mercado.

Existem diversos concursos organizados pelo governo, instituições privadas, alguns até internacionais.

Marketing de conteúdo

Você pode alavancar seu empreendimento com o marketing de conteúdo. Estar nas redes sociais você já sabe que é necessário, mas aqui, falamos de ir além, produzir conteúdo relevante, em um blog próprio, para atrair seu público-alvo, mostrar seu trabalho e gerar novos clientes e fidelizar os já existentes.

Recompensar é fidelizar

Você já tem seus clientes e alguns novos estão surgindo ou demonstrando interesse no seu trabalho.

Dê algo gratuito para eles. Crie uma relação afetiva. Pode ser um e-book ou um vídeo-palestra, por exemplo, mas acredite, isso vai ajudar a sua marca (você) ficar mais forte e atrairá mais clientes.

Essa é uma tática usada em conjunto com o marketing de conteúdo, mencionado acima: ao acessar seu blog, o potencial cliente se interessa por um e-book ou palestra que você divulgou nas postagens e, em troca do acesso gratuito a elas, deixa seu e-mail e nome, para futuros contatos.

Forme uma equipe produtiva e seja um líder pelo exemplo

Uma empresa nasce e cresce graças às suas colaborações. Um grupo diversificado, em que cada membro traga seu talento para aumentar a produtividade é algo fundamental.

Também é importante que você escute e tenha em mente as sugestões e ideias dos seus funcionários e mostre para eles que é sempre o primeiro a se engajar na busca das melhores soluções e no encantamento dos clientes.


Leia mais:

Assista também:

Artigos relacionados

Você também pode estar interessado

Hot daily news right into your inbox.