RECEBA NOSSO CONTEÚDO DE FORMA GRATUITA DIRETAMENTE NO SEU EMAIL

Grupo Studio Franquias Studio FiscalVocê conhece as qualidades essenciais de um bom negociador?

Você conhece as qualidades essenciais de um bom negociador?

Só de ouvir a expressão “negociar” já me sinto desconfortável. Isto porque tirar algo de alguém, mesmo que faça parte da lei da oferta e da procura, nunca foi um movimento natural para mim, ainda mais quando envolve grana e bens materiais.

Há pouco tempo me dei conta de que na vida real negociamos o tempo todo. Seja no pedido de desconto em um pagamento à vista, no diálogo com os amigos para escolher o pub do happy hour, ou até mesmo se a sessão de Netflix será com filme, série ou documentário. Percebe? Negociar é mais comum do que pensamos. Com frequência analisamos o cenário, elaboramos perguntas, pensamos em soluções e fazemos propostas.

Conheço pessoas que só de ouvir a expressão “negociar” já se sentem extremamente motivadas. Isto porque fechar negócios, na perspectiva delas, é algo corriqueiro da vida, ainda mais se diz respeito a resultados que impulsionam suas finanças e carreira.

A origem da expressão negócio é latina, onde negotium significa negar o ócio, ou seja, ocupar-se, trabalhar. Negociação é um processo em que duas ou mais partes, com interesses comuns ou não, se reúnem para discutir propostas explícitas com o objetivo de alcançarem um acordo. Sem dúvida, negociar é trabalhar, e não pouco. Ao contrário do que se diz por aí, ao meu ver uma negociação exige 90% de estratégia e apenas 10% de feeling. Penso que qualquer pessoa pode aprender a negociar, obviamente, desde que se dedique compreender a essência do assunto.

Você se enxerga em qual das descrições acima? Aqueles que temem as negociações ou aqueles que fazem delas sua companhia no dia a dia?

 Guia essencial para aumentar a rentabilidade no seu escritório!

Pensando em ajudar tanto estes quanto aqueles, elaborei uma breve lista das qualidades essenciais de um bom negociador:

1. PREPARA-SE COM ANTECEDÊNCIA

Estudando seu produto, compreendendo o perfil de cada cliente, descobrindo até onde vai sua alçada financeiro-decisória e desenhando propostas estratégicas (de preferência que sempre contemplem um Plano A, um Plano B e até um Plano C).

2. APRESENTA A SI MESMO E O SEU PRODUTO COM EXCELÊNCIA

Vestindo-se adequadamente, cumprimentando com firmeza nas mãos e no olhar, mantendo boa postura ao longo da reunião, falando com propriedade sobre sua área de atuação e sendo objetivo e claro quanto aos benefícios do seu produto.

3. SABE OUVIR E PERGUNTAR COM PERSPICÁCIA

Prestando atenção no cenário ao seu redor (significa ouvir aquilo que não é dito, descobrir seu estilo e gostos, como, por exemplo, perceber quais objetos compõem o escritório do cliente, como ele se veste, fala e por aí vai), ouvindo ativamente suas histórias e expectativas decorrentes de perguntas abertas e utilizando perguntas fechadas para obter confirmações úteis ao andamento do negócio.

4. NEGOCIA VISANDO O BENEFÍCIO DE TODOS

Conduzindo a reunião com leveza, colocando-se como parceiro e não como opositor, estabelecendo rapport, demonstrando claramente os benefícios para ambos e procurando adequar propostas e contrapropostas a fim de que todos saiam ganhando da negociação.

5. MANTÉM A RELAÇÃO

Executando um follow up ativo – procurando saber se o produto está atendendo, colocando-se à disposição para ajustes necessários, mapeando futuras oportunidades de negócios e levando o relacionamento para o nível da credibilidade.


Redação Grupo Studio