RECEBA NOSSO CONTEÚDO DE FORMA GRATUITA DIRETAMENTE NO SEU EMAIL

Grupo Studio Franquias Studio FiscalTransformação digital: quais são os desafios para advogados?

Transformação digital: quais são os desafios para advogados?

Transformação digital: quais são os desafios para advogados?

Muito se tem falado ultimamente sobre a transformação digital e o quanto ela vem impactando a vida de pessoas e organizações. A atual fase pela qual estamos passando tem trazido mudanças que ocorrem em velocidade surpreendente. Todos os avanços da tecnologia podem fazer a diferença no mercado — e isso inclui os serviços de advocacia.

No decorrer deste artigo, buscamos conceituar a transformação digital e apresentar seus benefícios. Também listamos os principais desafios gerados para os advogados, além de mostrar como proceder para superá-los e usar a tecnologia a favor do seu negócio. Boa leitura!

O que é transformação digital e quais são os seus benefícios

O conceito de transformação digital se refere à renovação e reestruturação de diversos processos e atividades, sempre incorporando a cultura digital e tudo que a envolve. O objetivo da adoção desses elementos digitais é gerar inúmeros ganhos, nos mais variados aspectos e das mais diversas formas.

Isso significa que a transformação digital implica repensar, rever e remodelar uma série de operações e procedimentos, modificando-os. O que antes demandava o uso e aplicação de outros tipos de tecnologias, agora passa a funcionar usando tecnologias digitais.

A tecnologia, obviamente, tem um papel de destaque nesse contexto, uma função central e, de modo algum, deve ser encarada apenas como algo superficial, acessório e complementar. O setor de TI, portanto, passa a ter mais relevância e, consequentemente, investimentos na aquisição de equipamentos ou serviços tecnológicos adquire maior extensão.

As mudanças provocadas pelas tecnologias digitais da informação e comunicação ocasionam impactos expressivos no cotidiano das empresas. Entre os quais destacam-se:

  • otimização de recursos: com o auxílio de equipamentos mais eficientes e velozes, gasta-se muito menos materiais e consequentemente gera-se rendimentos mais elevados;
  • otimização de tempo e processos: o que antes levaria um tempo maior e demandaria mais esforço agora pode ser feito de forma simples, fácil e rápida;
  • melhorias na experiência da clientela: com ferramentas, aparelhos e processos otimizados e aprimorados, o resultado final é uma experiência mais enriquecedora para os clientes.

 

Baixe agora grátis: Guia essencial para aumentar a rentabilidade no seu escritório de advocacia

 

Os 5 maiores desafios da transformação digital para advogados

A transformação digital pode facilitar muito a vida dos advogados. Processos que antes usavam enormes pastas — que, por sua vez, exigiam um tempo maior para serem montadas e averiguadas —, podem ser mais facilmente consultados se estiverem digitalizados.

Os benefícios são muitos, mas também há obstáculos. Confira, a seguir, alguns dos maiores desafios da transformação digital para advogados.

  • resistência à mudança: inovação (e também renovação) implica alterações variadas. Isso demanda sair da zona de conforto e arriscar-se a algo novo e diferente, o que pode assustar e ocasionar, junto aos colaboradores e demais envolvidos, diferentes formas de resistência à mudança;
  • falha em coletar e processar dados: no exercício da advocacia, o volume de dados é muito grande. Sendo assim, qualquer erro na coleta e processamento de dados pode trazer prejuízos e gerar atrasos;
  • dependência do modelo de legado de negócios: é comum que algumas empresas encontrem dificuldades em comercializar os mesmos produtos e serviços sob uma roupagem digital. Se não houver flexibilidade para mudar o escopo de serviços, a tendência é a perda de receitas;
  • comprometimento dos gestores: quanto ao processo de transformação digital, se ela não se iniciar pelo grupo de gestores, a tendência é que o negócio não absorva consistentemente as novas práticas e, assim, oportunidades sejam perdidas por conta disso;
  • investimento em qualificação interna: toda a equipe de trabalho deve, necessariamente, desenvolver novas competências e habilidades, sempre se adequando aos ambientes digitalizados.

A transformação digital como fator de alavancagem do negócio jurídico

A transformação digital pode ser capaz de impulsionar ainda mais o negócio jurídico. Para isso, é necessário que, em seu planejamento, haja a indicação de quais soluções tecnológicas melhor se adequam às peculiaridades de sua organização.

Gostou do nosso artigo? Como a sua empresa tem lidado com os desafios impostos pela transformação digital? Deixe um comentário no post e divida conosco a sua experiência!


Redação Grupo Studio