RECEBA NOSSO CONTEÚDO DE FORMA GRATUITA DIRETAMENTE NO SEU EMAIL

Grupo Studio Franquias Studio FiscalSaiba quais são as áreas do direito mais bem remuneradas

Saiba quais são as áreas do direito mais bem remuneradas

Durante muito tempo as pessoas associaram a formação em direito com a atuação exclusiva em escritórios de advocacia. Contudo, isso não corresponde à realidade. O graduado em direito pode escolher entre diversas formas de atuação profissional.

Com foco nas áreas do direito mais bem remuneradas, o advogado em formação pode optar por trabalhar como promotor, litigante, magistrado, delegado, entre outras funções. Além disso, ele pode atuar no âmbito público, privado ou como profissional liberal.

Não obstante, dentre as diversas áreas do direito, o profissional deve escolher aquela na qual obtém o melhor desempenho ou, ainda, uma das áreas mais promissoras.

Neste artigo listamos os principais ramos dessa disciplina e as áreas mais bem pagas do direito. Continue a leitura até o final para conferir!

Áreas do direito mais bem remuneradas na iniciativa pública

Devido ao cenário econômico dos últimos anos, a procura por cargos públicos têm aumentado consideravelmente. Quando se trata da área de direito não é diferente. Tanto os estudantes, quanto os profissionais já formados estão de olho em vagas públicas não só pela estabilidade, mas também pelos diversos benefícios oferecidos.

Com os salários iniciais mais altos, os concursos públicos se tornaram os principais alvos de quem deseja uma carreira sólida e bem remunerada. Pensando nisso, reunimos os principais cargos público na área de direito que oferecem as melhores remunerações para quem deseja investir. Confira!

Conquiste mais clientes e aumente a rentabilidade do seu escritório de advocacia

Procurador da República

Ser Procurador da República pode ser o sonho de muitas pessoas que almejam atuar no setor público por ser um dos cargos mais bem pagos do país. Para os profissionais que atuam na promoção de ações penais, defesa dos direitos humanos, sociais e coletivos, ações públicas ou instauração de inquéritos, o salário médio pode passar de R$ 25 mil.

Para assumir esse cargo, é necessário ser formado em direito e comprovar experiência de, pelo menos, três anos de atividade jurídica.

Juiz federal

O salário inicial de um juiz faz com que o concurso para essa vaga seja um dos mais concorridos, girando em torno de R$ 23 mil para juízes federais. Um grande exemplo de juiz federal que temos é o Sérgio Moro, conhecido por ser o responsável pela operação Lava Jato.

Os juízes federais cuidam de questões relacionadas aos interesses do país, como crimes de corrupção, além de assuntos envolvendo direitos humanos e temas internacionais. Assim como o Procurador da República, para atuar como juiz é necessário ser formado em direito e ter, pelo menos, três anos de atividade jurídica comprovada.

Delegado da Polícia Federal

Devido a diversos escândalos envolvendo a operação Lava Jato e outras de combate à corrupção nos últimos anos, cargos relacionados à Polícia Federal ficaram em evidência, em especial a de delegado federal.

O delegado federal é o responsável por realizar investigações, planejar e comandar operações, além de executar medidas de seguranças. Seu salário inicial é em torno de R$15,3 mil e basta ter cursado direito para concorrer a essa vaga.

Advogado da União

O profissional que for aprovado no concurso para ser Advogado da União terá um salário a partir de R$ 16 mil e será responsável pela defesa dos órgãos da administração pública, fazendo sustentações e produzindo pareceres.

Para ser um Advogado da União é necessário, além de ter concluído o curso de direito, ser advogado. Isto é, é necessário estar inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Defensor Público Federal

Assim como o Advogado da União, o salário inicial de um Defensor Público Federal é acima de R$ 16 mil e, para concorrer a essa vaga, o profissional deve estar formado em direito e inscrito na OAB.

O que difere os cargos é que o defensor público atua como responsável por assessorar judicialmente e defender os mais necessitados

Áreas do direito mais bem remuneradas na iniciativa privada

Enquanto os cargos públicos oferecem estabilidade, salário inicial mais elevado e diversos benefícios atraentes, as vagas do setor privado podem ser mais vantajosas a longo prazo, considerando que não limitam um teto salarial. No serviço público, o limite é de R$ 33.763,00

Na iniciativa privada fica a critério do profissional, sua credibilidade adquirida ao longo dos anos e sua experiência para aplicar os valores a serem cobrados por cada serviço.

Dentre os diversos ramos do direito, existem alguns que são mais valorizados por tratarem de questões consideradas mais complexas, exigindo assim, a cobrança de valores mais expressivos. Listamos abaixo as principais áreas mais bem pagas.

Advogado tributarista

Cabe ao advogado tributarista lidar com questões e princípios relativos que regulamentam as diretrizes tributárias no Brasil, tais como as leis que regulam os impostos e taxas a serem pagas tanto no âmbito municipal e estadual quanto federal.

Esse ramo do direito está entre aqueles que mais crescem e fornecem a melhor remuneração. O advogado de tributos pode representar empresas ou indivíduos que possuem querelas junto às entidades cobradoras de impostos, ou o Estado diante de cidadãos inadimplentes.

Advogado empresarial

Uma das áreas mais bem pagas do direito, sobretudo do direito privado, é o direito empresarial. Atuar em causas representando grandes companhias costuma render um bom pé de meia para a aposentadoria do profissional.

Um advogado de empresas em início de carreira ganha em torno de R$3.500 mensais no Brasil, sendo que profissionais com idade próxima à aposentadoria podem chegar a ganhar mais de R$15 mil mensais. Nada mal, hein?

Advogado Imobiliário

O advogado imobiliário fica responsável por questões relacionadas a negociações e uso de imóveis no país, tendo seu salário médio bem semelhante ao profissional que atua no direito empresarial. Ou seja, o salário inicial é em torno de R$ 3.500 e podendo chegar a R$ 20.000, com remuneração média de pouco mais de R$ 3.700.

Advogado trabalhista

O direito trabalhista consiste em uma das principais áreas da advocacia e surgiu paralelamente às mudanças nas relações de trabalho pertinentes à revolução industrial. Esse ramo de atuação é guiado pelos contratos de trabalho e legislação trabalhista de cada país.

No Brasil, essa é uma das principais áreas de atuação profissional para os advogados, sendo também uma das mais promissoras. Nessa esfera, os processos costumam correr com agilidade e a justiça do trabalho tem fama de ser bastante inflexível.

Advogado cível

A área mais conhecida do direito, que trata dos direitos e deveres essenciais a todo cidadão, é o direito cível, ou civil. Essa área abrange grande parte dos conflitos na justiça, pois trata das relações entre particulares, sociais e naturais tanto de pessoas como de empresas. O direito civil engloba desde o direito de família até as obrigações sociais de cada indivíduo.

O Brasil é o país que mais forma advogados no mundo, o que facilita a vida de quem pretende estudar direito por aqui. No entanto, é necessário pensar desde cedo qual das áreas do direito mais convém ao estudante para que ele possa preparar-se adequadamente às exigências.

E você, já conhecia as áreas do direito mais bem remuneradas? Compartilhe conosco sua opinião e experiência nos comentários abaixo!


Redação Grupo Studio