RECEBA NOSSO CONTEÚDO DE FORMA GRATUITA DIRETAMENTE NO SEU EMAIL

Grupo Studio Franquias Studio FiscalComo funciona o mercado de franquias? Entenda aqui!

Como funciona o mercado de franquias? Entenda aqui!

Como empreendedor ou gestor seus desejos são: aumentar o faturamento, crescer o mix de produtos oferecidos, ter um retorno rápido e ganhar mais do que hoje. Sabe como pode conseguir tudo isso? Empreendendo no mercado de franquias.

Esse segmento vem crescendo bastante. Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), em 2016, o faturamento chegou a R$ 151,2 bilhões, o que representou uma alta de 8,3%. Para 2017, a expectativa é uma elevação entre 7% e 9%.

Os dados positivos chamam a atenção — e você não precisa ficar fora dessa. Neste post vamos apresentar o mercado de franchising para você saber se vale a pena investir na sua área de atuação. O objetivo é tirar suas principais dúvidas e indicar porque este é um negócio promissor. Quer saber mais? Acompanhe!

O que é o mercado de franquias?

Esse setor de mercado é aquele em que você abre uma unidade de uma marca já existente. Essa relação é formalizada por meio de um contrato com validade predeterminada e passível de renovação. Durante esse tempo, é autorizado o uso da marca e do padrão operacional do negócio.

Ser um franqueado apresenta diversas vantagens, como:

  • uso de uma marca reconhecida e testada no mercado — isso aumenta a credibilidade do negócio perante o público-alvo e reduz os erros que acontecem no início;
  • participação de uma rede, o que aumenta seu poder de negociação, facilita a troca de experiências e assegura maior presença da marca no mercado;
  • menos riscos, porque o modelo é testado e a franqueadora oferece suporte e apoio para a instalação e gestão da unidade;
  • adoção do know-how da franqueadora, reduzindo o tempo de implantação e otimizando os recursos;
  • orientação e suporte para a administração da unidade por meio de manuais, treinamentos, consultorias de campo e capacitações;
  • concentração na atividade, já que o know-how, apoio na gestão, e desenvolvimento de produtos e serviços são de responsabilidade da marca.

O contrato também prevê alguns deveres. O franqueado, por exemplo, deve oferecer somente os produtos/serviços disponibilizados pela marca, manter o modelo de negócios e seguir as demais regras especificadas em contrato.

 

7 conceitos que você precisa dominar antes de abrir uma franquia

Como o investimento é calculado?

O valor de cada unidade é determinado conforme o posicionamento da marca no mercado, a projeção de lucratividade e o prazo de retorno do investimento (ROI). As despesas de implantação do negócio são outro fator relevante, porque você deve ter o seu escritório de acordo com os padrões da franqueadora e comprar os mesmos equipamentos indicados.

O prazo de retorno é indicado na Circular de Oferta de Franquia (COF), documento entregue antes da assinatura do contrato e que especifica todos os aspectos importantes do negócio, como faturamento, possíveis pendências judiciais, balanços financeiros, valores dos investimentos iniciais, layout, suporte oferecido, entre outros.

Além dos gastos iniciais, você deve calcular o valor necessário para o pagamento de taxas, estoque (se necessário), treinamento, capital de giro (montante reservado para o funcionamento diário do negócio), aluguel do escritório etc.

Apesar disso, as franquias costumam ter um tempo médio de retorno bastante rápido devido à credibilidade da marca. Isso significa que você consegue ter de volta o valor investido em poucos meses (em média, 24).

 

Quais são os riscos do franchising?

Abrir uma unidade franqueada apresenta menos riscos do que o normal, mas é preciso ter atenção a alguns detalhes. Você precisa entender de gestão e ter valores alinhados aos da marca. Também se recomenda estabelecer um bom relacionamento com a franqueadora.

Lembre-se de que, mesmo tendo a segurança de uma marca conhecida, você precisa fazer a sua parte. Ser proativo e se capacitar constantemente são atitudes que reduzem muito os riscos inerentes a qualquer negócio.

Como você pôde perceber, há mais segurança ao optar por abrir uma franquia. Ainda assim é preciso esforço e dedicação, mas o negócio já começa com mais chances de sucesso.

A dica é analisar as opções de franquias no seu segmento de atuação e verificar aquela que está mais alinhada ao que deseja. Depois é só abrir a sua unidade e começar a trabalhar!

Entendeu como funciona o mercado de franquias? Se ficou com alguma dúvida ou tem uma experiência para compartilhar, deixe o seu comentário!


Redação Grupo Studio