RECEBA NOSSO CONTEÚDO DE FORMA GRATUITA DIRETAMENTE NO SEU EMAIL

Grupo Studio Franquias Studio Fiscal5 filmes que todo advogado precisa assistir

5 filmes que todo advogado precisa assistir

5 filmes que todo advogado precisa assistir

Sentar no sofá, relaxar e assistir a um filme após uma semana cansativa de trabalho é sempre o momento mais esperado por quem tem uma rotina corrida. Então, por que não juntar divertimento e conhecimento?

Isso é perfeitamente possível! Existem diversos filmes que, além de proporcionar entretenimento, podem lhe ensinar um pouco mais sobre Direito e advocacia.

Não sabe por onde começar a maratona cinematográfica? Trouxemos uma lista com 5 filmes para advogados que queiram agregar mais conhecimentos jurídicos. Confira!

1. O Sol é Para Todos

Baseado no livro que recebe o mesmo nome, O Sol é Para Todos mostra a história emblemática do advogado de um homem negro acusado de estuprar uma mulher branca. Atticus Finch (Gregory Peck) é o único advogado da região que aceita defender o rapaz, enfrentando todo preconceito e revolta da cidade.

Apesar de o filme se passar em 1930, toda a discussão sobre o conceito de justiça e igualdade racial é bastante atual e interessante de assistir. A cena do julgamento, na qual o advogado Finch faz a defesa do réu, entrou para história do cinema e é uma verdadeira aula sobre intolerância racial e direitos.

2. O Júri

O filme é uma produção de 2013, tem estrelas como Dustin Hoffman e Rachel Weisz no elenco e é ideal para quem quer aprender sobre a atuação no tribunal de júri.

Ele conta a história de uma viúva que, após a morte do seu marido, contrata o advogado Wendell Fohr (Dustin Hoffman) para entrar com o processo e pedir uma indenização milionária. Do outro lado, ela encontra um especialista em montar júris para garantir seu veredito e um jurado manipulador. Um filme imperdível para quem quer atuar na área criminal!

 

Baixe agora grátis: Guia essencial para aumentar a rentabilidade no seu escritório de advocacia

 

3. Kramer vs. Kramer

Ted Kramer (Dustin Hoffman) é o típico homem moderno que vive apenas em função do seu trabalho enquanto sua esposa Joanna (Meryl Streep) está infeliz com a vida de mãe e dona de casa — até o dia que ela decide sair de casa e deixar com ele o filho do casal. Ted se vê, então, envolvido com as obrigações de pai e uma batalha judicial pela guarda do filho.

O filme retrata de forma didática e emocionante a batalha judicial pela guarda de um filho sem deixar de mostrar as razões e direitos dos dois lados envolvidos. É um clássico vencedor de 5 prêmios no Oscar (incluindo o de Melhor Filme) e uma obra cinematográfica incrível para quem trabalha com Direito de Família.

4. Amistad

Dirigido por Steven Spielberg, o filme conta a história real de negros africanos traficados no navio negreiro La Amistad. Em 1839, durante uma das viagens para transportar os escravos, um grupo se rebela e assume o controle do navio, resultando na morte de parte da tripulação e condenação dos rebelados.

A partir de então, começa uma enorme disputa por quem tem direito sob os escravos, enquanto grupos abolicionistas existentes na época travam outra briga pela libertação e entrega deles ao país de origem.

Mas como defender pessoas que você não consegue estabelecer um canal de comunicação? Esse é o desafio do jovem advogado que pega a causa em defesa dos negros que buscavam a liberdade.

5. 12 Homens e Uma Sentença

O filme conta a história de um jovem porto-riquenho que é preso e acusado de matar o próprio pai. Durante o julgamento, o júri se reúne, e 11 dos 12 jurados tem plena convicção de que ele é culpado, apenas um resolve questionar e pedir mais investigações, mas esbarra na má vontade dos outros que só querem voltar para sua rotina.

Além de retratar o tribunal do júri e a esfera criminal, o filme mostra a importância da hermenêutica jurídica e levanta a discussão a respeito da imparcialidade dos jurados, uma vez que cada indivíduo escolhido carrega sua história de vida, suas convicções e preconceitos.

Gostou das nossas dicas de filmes para advogados? Então compartilhe este post nas suas redes sociais para seus amigos também começarem a assistir!


Redação Grupo Studio