RECEBA NOSSO CONTEÚDO DE FORMA GRATUITA DIRETAMENTE NO SEU EMAIL

Grupo Studio Franquias Studio Fiscal4 indicadores de desempenho importantes para o seu escritório de advocacia

4 indicadores de desempenho importantes para o seu escritório de advocacia

Crescimento e sucesso são os objetivos de qualquer empreendimento, e para isso acontecer é necessário aperfeiçoar os produtos e serviços oferecidos. No entanto, implantar melhorias exige uma avaliação exata das condições atuais, a qual pode ser obtida através de indicadores de desempenho.

Indicadores de desempenho são ferramentas que permitem identificar a causa de problemas que o advogado enfrenta no dia a dia em seu escritório. Eles mostram por que, apesar de trabalhar muitas horas, o profissional não tem o retorno financeiro esperado.

Portanto, ao conhecer esses indicadores, ele pode tomar decisões mais assertivas a respeito de contratos que firma, precificação dos serviços, rendimento dos colaboradores, entre outros aspectos. Ficou curioso? Quer saber quais são eles? Continue a leitura e confira!

 

1. Apontamento de horas

Esse indicador é importantíssimo para que o advogado consiga avaliar se está tendo um retorno positivo de seu trabalho. De forma geral, o apontamento de horas ajuda a identificar como o profissional (ou a sua equipe) está aproveitando o tempo no dia a dia, e se a precificação dos serviços é condizente com o esforço realizado.

O apontamento permite levantar as atividades desempenhadas pelos colaboradores. Com o registro das horas destinadas à pesquisa, elaboração de recursos, embargos e apelações, é possível identificar os custos específicos de cada ação, provendo uma base importante para decisões e contratos futuros.

2. Valor das horas trabalhadas

Apesar de ser um dos indicadores mais simples, ele é fundamental para a tomada de decisões no escritório. Para calculá-lo, é preciso dividir o valor total da nota de um serviço contratado pelo número de horas que a equipe empregou nas atividades referentes a ele.

Esse cálculo permite descobrir se o valor cobrado foi suficiente para cobrir as despesas que acarretou e, mais que isso, se garantiu uma margem de lucro para o escritório. Quando o valor médio das horas trabalhadas é muito baixo, isso significa que a atividade não é rentável.

 

Baixe agora grátis: Guia essencial para aumentar a rentabilidade no seu escritório de advocacia

 

3. Margem de lucro

Esse indicador é importante para revelar o quanto determinados contratos são vantajosos ou não para um empreendimento. O cálculo é feito da seguinte maneira:

  1. Faça um levantamento do custo total do profissional para a empresa, em um determinado mês. Se ele for um funcionário, esse valor deve considerar salários e impostos. Caso seu contrato preveja outras formas de remuneração, o cálculo deve ser feito de acordo com essas especificidades.
  2. Divida o valor mensal pela quantidade de horas do mês. Esse cálculo permite saber o custo de cada hora trabalhada pelo colaborador.
  3. Multiplique o valor de cada hora pelo tempo gasto na realização do serviço em questão.

Ao final do cálculo, é possível descobrir qual foi a margem de lucro de cada projeto. Afinal, muitos contratos parecem vantajosos por ter um valor alto. No entanto, se consumirem uma quantidade de tempo muito grande do(s) colaborador(es) responsável(is) por ele, o resultado real pode apresentar um lucro menor ou até mesmo prejuízo.

Portanto, pode ser mais interessante realizar serviços mais simples que exigem uma quantidade menor de horas trabalhadas do que buscar grandes contratos que apresentam uma relação de custo maior.

4. Processos ativos

O procedimento para calcular esse indicador é muito simples: divida o número de novos contratos pela quantidade de serviços encerrados em um período definido de tempo — mês, trimestre, semestre, por exemplo.

O resultado mostra qual é a demanda de trabalho e permite conhecer o fluxo de atividades em seu escritório de advocacia.

Vale lembrar que os indicadores de desempenhos são apenas ferramentas. Tão importante quanto seu cálculo é utilizar esses dados para implantar melhorias e corrigir os pontos que prejudicam a lucratividade do seu escritório de advocacia.

Quer conhecer outras ferramentas para otimizar os processos em seu escritório e torná-lo mais lucrativo? Então assine agora mesmo a nossa newsletter e receba essas informações em primeira mão!


Redação Grupo Studio